O bom às vezes de se ter blog, twitter, facebook.. é poder extravasar um pouco..

Mas o que fazer quando seu chefe te segue no twitter e você não pode esbravejar? Ou quando seu namorado pode ou não ler o seu blog? Voltamos pros diários?

O que fazer quando se quer que o público seja um público privado?

Como lidar com o Google que acha tudo o que você já escreveu na vida? Seja particular ou não.

Das duas uma. Ou escrevemos assim mesmo e corremos o risco de passarmos por situações desagradáveis ou guardamos tudo. Guardar tudo nunca é bom.. extravasar demais também não.. Nem tanto ao mar, nem tanto a terra, certo?

Tudo é tão público que eu me pego pensando.. Devemos pensar em quem somos no mundo virtual?.. Deveríamos ser mais ou menos comedidos do que seríamos normalmente? Até onde a nossa pessoa pública nem tão pública deve se controlar e deixar de, talvez, ser quem é de fato?

Anúncios