Carrego comigo algumas coisas do passado.

Expressões, palavras e trejeitos. Algumas com origens que seria melhor esquecer..

Sabe quando a pessoa esquece uma roupa com você e você acaba usando? É mais ou menos assim…

Tem palavras que nunca foram minhas e uso como se as tivesse inventado. (Porque algumas palavras não estiveram sempre presentes. Juro. Conheci junto com a pessoa. E parece que só então elas começaram a existir)

É quase um jeito de ter sempre essas pessoas comigo. Ainda que uma coisa involuntária (e muitas vezes perigosa)… Então, obrigada, pessoas.

Anúncios